Crime no Espaço Aéreo – Aeroporto de Congonhas

No Aeroporto de Congonhas – SP, foi detectado novamente um voo irregular de drone (o segundo em 1 mês), que paralisou as operações do aeroporto, desta vez, por 20 minutos.

Aeroporto de Congonhas SP
Aeroporto de Congonhas – SP

Colocar em risco aeronaves tripuladas, é considerado CRIME, sendo assim, o piloto e seu cliente (como corresponsável) respondem nas esferas administrativas, civis e penais.

Neste caso (infração GRAVE), os responsáveis podem ser presos, como já ocorreu na Bahia, conheça o caso (ver post).

Restrição de voo em CONGONHAS + 5,4 KM

Dado a reincidências de voos de drone próximos ao Aeroporto de Congonhas, o DECEA (Departamento de controle do Espaço aéreo), decidiu por restringir TODO E QUALQUER VOO DE DRONE em um raio de 5,4 KM da região do Aeroporto internacional de Congonhas.

Restrição no Aeroporto de Congonhas
Restrição no Aeroporto de Congonhas

Princípio da Sombra NEGADO

Mesmo voos solicitados, visando o princípio da sombra a menos de 5,4 KM do aeroporto de Congonhas, NÃO ESTÃO SENDO AUTORIZADOS pelo DECEA (sistema SARPAS).

Restrição de voo apresentada no Sarpas

Portanto, voar nesta região sem esta autorização (o que inclui o Parque do Ibirapuera), é Terminantemente Proibido até segunda ordem, ou alteração no sistema de autorizações de voo.

Exemplos:

Tentamos solicitar na data deste post (15/01/2019) algumas solicitações de voo nas categorias padrão, com 95 pés (30 m.) de altura (uso comercial).

Restrição no Aeroporto de Congonhas
Restrição no Aeroporto de Congonhas

Solicitamos também para 95 pés dentro do Princípio da sombra, assim como para uso recreativo.

Em ambos os casos, todas as solicitações não foram permitidas, pois o raio de ação estaria dentro do raio de 5,4 Km do Aeroporto de congonhas.

Fabricantes de Drones

No Fly Zone
No Fly Zone

Os Fabricantes de Drone, atendendo à solicitação do DECEA, estão aplicando o chamado “No Fly Zone” (Área Restrita ao Voo) no mesmo raio, tornando-se impossível até ligar a aeronave dentro da área delimitada.

Alguns Bairros Afetados

Com a nova área de restrição, não será mais permitido voar com drone nos seguintes bairros:

Jabaquara, Saúde, Moema, Indianópolis, Ibirapuera, Campo Belo, Vila Mariana, Vila Nova Conceição, Bosque da Saúde, Parque do Estado, Brooklin Velho, entre outros.

Mais informações:

Não se sabe se a restrição informada será permanente, mas nossa equipe Estará de olho nas novidades e publicará assim que disponíveis.

PILOTOS DE DRONE IRRESPONSÁVEIS

A irresponsabilidade de alguns pilotos, seja para uso comercial ou recreativo, prejudica o setor como um todo. Uma vez que voos irregulares, como os realizados em Congonhas, podem levar a restrição ainda maior do espaço aéreo.

Enquanto as pessoas não se conscientizarem que drones podem colocar a vida de terceiros em risco, as restrições no futuro poderão ser ainda maiores. Voe Consciente. Sempre Dentro da Lei.


Comentários via Facebook
3.75/5 (4)

Aeroporto de Congonhas. Drone Proibido no raio de 5,4 KM (3 milhas)
Classificado como: